< voltar

Uso de tecnologia no RH: saiba como melhorar as atividades do setor!

Adotar a tecnologia no RH pode auxiliar (e muito) o time em tarefas vitais, como seleção e recrutamento, gestão de desempenho e folha de pagamento. As soluções digitais inovadoras tornam esse e outros processos mais ágeis e eficientes. 

Ao contrário do que se pensa, a indústria 4.0 não irá colocar um fim ao setor de RH. Ela traz novas ferramentas de trabalho e exigirá abordagens cada vez mais eficientes e tecnológicas. 

Na era digital, os processos morosos e burocráticos, que costumam comprometer a produtividade da equipe, devem estar com os dias contados. Isso porque o uso da tecnologia no RH torna a atuação do setor mais moderna, inovadora e revolucionária. 

Neste artigo, mostramos como o uso das novas soluções digitais no RH pode melhorar a organização do setor, aumentar a produtividade e levar a resultados mais positivos.

Aproveite o conteúdo! 

A tecnologia no RH: necessidade de digitalizar os processos

A digitalização de processos consiste na adoção de ferramentas tecnológicas, que auxiliam na melhora do desempenho operacional e estratégico do departamento

Entretanto, estas ferramentas não servem apenas para centralizar as informações dos processos e usuários. Mais do que isso, elas podem, sim, cumprir outras finalidades, como auxiliar no engajamento. Um relatório realizado pela PwC, intitulado RH Tech Survey 2022, aponta que 84% dos gestores confiam nas soluções digitais para fortalecer o laço com os colaboradores. 

Outra vantagem de adotar o uso de tecnologia no RH é a possibilidade de tornar os processos mais ágeis, já que toda a parte burocrática e cansativa é automatizada. Além disso, as novas ferramentas podem contribuir para a criação de um ambiente mais seguro. Segundo o relatório já citado da PwC, cerca de 88% dos gestores de talentos usam soluções baseadas na web, para fornecer uma maior segurança aos dados.

Dessa forma, o uso de tecnologia no RH contribui para otimizar uma série de processos do setor. Veja só:

  • Fortalece a cultura organizacional;
  • Fornece um alto nível de segurança para a gestão de dados;
  • Viabiliza o desenvolvimento e treinamento dos profissionais;
  • Fortalece a relação entre empresa e colaborador.

Uso de tecnologia no RH: vantagens e desvantagens 

As ferramentas tecnológicas auxiliam o trabalho do departamento de Recursos Humanos, e podem contribuir para a otimização de processos. Mas, será que a tecnologia só oferece benefícios?

Confira a seguir algumas vantagens e desvantagens do uso da tecnologia no RH.

Vantagens da adoção da tecnologia no RH

  • Automatiza algumas funções e melhora o processo de recrutamento: os softwares possuem um sistema de busca de candidatos, que auxilia no gerenciamento do processo de contratação. Inclusive, o sistema pode criar um plano de carreira por meio da análise de dados. O software ficará responsável por organizar as entrevistas, acompanhar o feedback e classificar os candidatos, ou seja, ele torna o processo de recrutamento e seleção muito mais rápido e eficiente.
  • Proporciona análises mais precisas: com um sistema de RH é possível avaliar a performance individual, orientar e acompanhar o desenvolvimento dos profissionais.
  • Oferece suporte para manter o compliance do RH: é preciso entender e respeitar os requisitos da CLT na hora da contratação ou durante a jornada do colaborador na empresa é fundamental para evitar problemas legais. O software ajuda o departamento a seguir o que está em vigência na lei, e evita que a empresa seja penalizada pelo descumprimento.
  • Aumenta a produtividade e garante mais tempo para a estratégia do RH: como as soluções digitais automatizam uma série de tarefas burocráticas, o time do setor ganha em produtividade. Assim, é possível direcionar o tempo e a energia para o planejamento de estratégias e atividades que potencializam o crescimento da empresa. A tecnologia no RH torna o setor muito mais estratégico e eficaz. 
  • Reduz a chance de erros: processos manuais são passíveis de falhas. Por exemplo, erros no cálculo de horas extras ou no banco de horas podem gerar alguns transtornos e ainda gerar atrito na relação entre colaborador e empresa. Com um sistema de controle ponto digital, isso pode ser evitado. Pois, o processo se torna muito mais ágil e transparente, de modo que tanto colaborador quanto gestor tem facilidade para acompanhar;
  • Melhora a gestão de pessoas: as ferramentas tecnológicas auxiliam no recrutamento e seleção, nos processos de admissão e até mesmo colaboram para o fortalecimento da relação empresa e colaborador. Dessa forma, os processos são otimizados e a organização consegue se adaptar às novas tendências, construindo um ambiente de trabalho mais moderno e agradável.

Desvantagens do uso da tecnologia no RH

  • Dependência da internet: as soluções tecnológicas, em sua maioria, são baseadas na web, isto é, dependem da internet para operarem. Caso haja uma interrupção na rede, acessar os dados se tornará uma tarefa difícil. Dessa forma, o RH fica de mãos atadas e não consegue operar, enquanto o sistema não voltar;
  • Integração: algumas ferramentas podem não ser compatíveis com os sistemas já implementados na empresa, dificultando os processos de integração desses mecanismos. Sendo assim, na hora de implementar novas ferramentas, busque ver se elas são compatíveis com o seu sistema.

Uso de tecnologia no RH: saiba como planejar a adesão às novas ferramentas

Antes de definir as tecnologias a serem usadas no setor, é de extrema importância planejar e entender quais são as necessidades. Isso porque se não houver uma definição clara do uso da tecnologia no RH, os processos podem se tornar confusos. 

Preparamos um passo a passo para ajudar você no projeto de adesão às soluções digitais. Confira!  

#1 Reveja seus processos

O primeiro passo é fazer uma análise das atividades internas. É preciso ter um panorama do que pode ser automatizado e digitalizado com o uso da tecnologia no RH. Assim, é possível enxergar com maior clareza como as atividades manuais podem ser substituídas.

Neste momento, anote todos os processos demorados e busque entender como uma ferramenta tecnológica pode torná-los mais ágeis.

#2 Alinhe suas expectativas 

Antes de adotar o uso de tecnologia no RH, defina as expectativas e objetivos que serão alcançados com o projeto de digitalização. 

Portanto, liste as demandas do setor e lacunas dos processos e busque as soluções tecnológicas que podem ser aplicadas na gestão do RH.

Por exemplo, uma ferramenta de recrutamento e seleção automatiza a tarefa de receber e selecionar os currículos que melhor se encaixem na vaga. Assim, o RH pode focar nas entrevistas e no fortalecimento de relações: empresa x colaborador.

#3 Escolha as ferramentas e treine seu time para usar a tecnologia no RH

A digitalização das atividades e rotinas do setor permite otimizar processos, aumentando a produtividade, e melhorando os resultados da empresa. 

Contudo, é preciso saber escolher as ferramentas certas, reconhecidas e validadas pelo mercado. Na hora de buscar o provedor das soluções digitais, faça uma pesquisa detalhada e, se possível, use o período de teste para conhecer as funcionalidades, na prática.

Pronto: solução digital escolhida. O próximo passo é investir na capacitação dos profissionais, para que eles saibam como explorar todos os recursos da tecnologia no RH.

#4 Invista em uma solução de gestão de RH e admissão digital

Para quem busca incorporar tecnologia no RH, a implantação de sistemas de gestão é uma ótima maneira de começar. 

Por exemplo, com o auxílio do software de admissão da Colabbe você pode aumentar em até 70% a produtividade durante o processo admissional. A ferramenta centraliza todos os documentos e transações na nuvem, garantindo alto nível de segurança e disponibilidade. 

Além disso, é possível combinar esse sistema com uma plataforma de gestão de RH, como HCM da Senior. Ele permite a otimização de uma série de processos, a exemplo da folha de pagamento e do controle da folha ponto. 

A combinação das duas ferramentas digitaliza a estrutura e o fluxo de trabalho do RH. Ou seja, além de facilitar a rotina do setor, o uso de tecnologia no RH melhora os resultados e garante o compliance com as legislações trabalhistas. 

Conclusão

Independentemente da visão da empresa para o futuro nos próximos 5, 10 anos e além, você estará mais preparado para chegar lá se decidir usar tecnologia no RH. 

O desafio da vez é encontrar uma plataforma com recursos escaláveis ​​de serviços, que podem ajudar o setor a atingir suas metas e se adaptar às suas necessidades à medida que elas evoluem.

Que tal começar o uso da tecnologia no RH adotando uma solução de admissão digital? A Colabbe possui um software completo, pensado para auxiliar você na hora de contratar novos colaboradores. Ficou curioso? Faça um teste gratuito e conheça os recursos que a plataforma oferece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *