< voltar

Como a tecnologia pode auxiliar a saúde mental do profissional de RH?

mulher-empresa-meditando-a-tecnologia-pode-auxiliar-a-saude-mental-do-profissional-de-RH

Quando falamos sobre saúde mental é comum as pessoas associarem o termo a doenças psíquicas como depressão e ansiedade. Entretanto, a saúde mental é muito mais do que a ausência de doenças mentais, ela está relacionada à forma como a pessoa reage às exigências da vida e à maneira como harmoniza seus desejos, potencialidades, ambições, ideias e emoções. 

Estar bem consigo mesmo, com as pessoas e o mundo ao seu redor não é uma tarefa tão simples como gostaríamos que fosse. Estamos inseridos em rotinas cada vez mais aceleradas, em um mundo em constante mudança onde somos bombardeados de informações o tempo todo..

Apesar de desempenharmos diversos papéis no nosso dia a dia, não podemos separar o que nos afeta em uma esfera ou outra da vida.Seguimos sendo uma única pessoa. Se algo está ruim na vida profissional, isso nos afeta no pessoal, e o contrário também.

Por isso, no artigo de hoje queremos falar sobre a importância de cuidar da saúde mental no trabalho, principalmente para os profissionais de RH, que são justamente os que cuidam do bem estar dos colaboradores dentro das empresas e como algumas ferramentas podem ajudar nesse processo.

A importância da saúde mental do profissional do RH

A pandemia trouxe para os gestores, além do desafio de lidar com as consequências econômicas, a atenção redobrada para a gestão de pessoas. Criar estratégias para manter os colaboradores motivados e, principalmente, mentalmente saudáveis, tornou-se um dos focos da rotina dos profissionais de RH. 

Porém, como falamos no início do texto, saúde mental está relacionada ao bem estar consigo mesmo e com os outros. Portanto, como cuidar do bem estar de quem está ao seu redor se você não está mentalmente saudável?

Muitas vezes os profissionais de RH são os primeiros a serem procurados quando um colaborador está com algum problema ou sofrimento relacionado ao trabalho, o que torna ainda mais importante que essa pessoa esteja bem para poder auxiliar quem a procura.

É sempre importante lembrar que quem trabalha com recursos humanos e departamento pessoal, também é um colaborador, exerce diversos papéis em sua vida e também está vulnerável ao adoecimento mental.

Técnicas e ferramentas para auxiliar na saúde mental

Cuidar de quem cuida dos outros é essencial para criação e manutenção de um ambiente corporativo saudável, respeitoso e produtivo.

Além de algumas práticas pessoais, que se refletem em todos os outros aspectos da vida, como uma alimentação equilibrada e prática de atividades físicas, elencamos algumas ferramentas que através da tecnologia podem auxiliar na rotina do profissional de RH, dentro e fora da empresa.

1. Pomodoro

Essa é uma técnica desenvolvida pelo italiano Francisco Cirillo, ela consiste em dividir o tempo de trabalho em ciclos de 25 minutos de foco e 5 minutos de descanso. O objetivo é evitar distrações, aumentar o foco e a produtividade.

São muitas dentro do RH, por isso essa pode ser uma ferramenta muito útil. Existem algumas variações, mas em geral, para aplicá-la, basta seguir o passo a passo.

  1. Liste as tarefas a serem executadas;
  2. Ajuste o cronômetro para o tempo desejado (o ideal são ciclos de 25 minutos);
  3. Escolha a tarefa inicial;
  4. Foque na tarefa escolhida até o alarme tocar;
  5. Faça um intervalo de 5 minutos e retorne para a atividade ou siga para a próxima.

A técnica ajuda a organizar as atividades, aumentar a produtividade, diminuir a sensação de não ter completado o que precisava no fim do dia, e também permite que nesses pequenos intervalos o profissional possa descansar, evitando uma sobrecarga cognitiva. 

Aqui você encontra uma lista com algumas sugestões de aplicativos e extensões para fazer as marcações de tempo.

2. Meditação

Falar sobre meditação não é nenhuma novidade, a técnica já é conhecida e aplicada por muitas pessoas. O que é mais recente é a tendência do Mindfulness Corporativo

Aplicar as técnicas de atenção plena dentro do ambiente de trabalho ajuda na redução de estresse, melhora a qualidade dos relacionamentos, aumenta a criatividade entre outros benefícios. 

Grandes corporações como Google e Linkedin já possuem programas de Redução de Stress com base em meditação.

Aproveitar as pausas entre as tarefas e meditar pode não apenas trazer ganhos para o profissional, como o mesmo pode compartilhar sua experiência e tornar ela parte da cultura organizacional.

Para começar há sugestões de 9 aplicativos gratuitos para meditação.

3. Operacionalização das atividades

Até agora falamos sobre ferramentas que cada pessoa pode se apropriar e utilizar, mas além delas, uma forma eficaz de ajudar na rotina dos profissionais de RH, é através da digitalização dos processos. 

Muitas das atividades burocráticas que geram erros, retrabalho e dor de cabeça, podem ser operacionalizadas através de softwares e aplicativos.

Desde soluções para recrutamento e seleção, admissão digital, clima organizacional, até gestão de ponto e folha de pagamento. Todas essas atividades podem ser digitalizadas, permitindo que quem trabalha no departamento pessoal e de recursos humanos possa focar sua força criativa em atividades estratégicas e que gerem satisfação pessoal e profissional. 

Conclusão

Mais do que melhorar o desempenho profissional, cuidar de si mesmo é uma prática importante para a saúde mental de todos os que convivem com quem trabalha com recursos humanos, principalmente a dessa pessoa.

Para isso, há muitas ferramentas que podem auxiliar nesse processo de autocuidado. Deixar que a tecnologia realize para você algumas tarefas, garante mais tempo para focar no que realmente importa: as pessoas e as relações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *