< voltar

RH 4.0: o que é e como ele impacta a rotina dos profissionais

RH-4.0-o-que-e-e-como-ele-impacta-a-rotina-dos-profissionais

Veja como as mudanças impulsionadas pela tecnologia são recebidas pelo setor de RH.

Nós estamos vivendo o RH 4.0 e este momento é histórico. Contextualizar as mudanças é essencial para registrar a evolução e entender tudo o que isso significa para o setor de Recursos Humanos. Com tanta tecnologia envolvida, vamos descobrir mais sobre os desafios para as empresas que estão se adaptando, quais as melhores maneiras de promover uma transição de sucesso e o que temos disponível para otimizar a gestão de pessoas e tornar o RH mais estratégico. Venha com a Colabbe nesta jornada de aprendizado e conhecimento. 

O que é o RH 4.0?

Desde as contratações assertivas, que priorizam a experiência do colaborador, ao cuidado com a reputação da empresa e ações que impulsionam uma gestão de pessoas mais positiva, o RH estratégico é o presente e o futuro. Para deixar as tarefas repetitivas de lado e focar nesta nova etapa, o RH 4.0 surge promovendo uma gestão de pessoas otimizada através da tecnologia. 

Soluções que visam melhorias nas atividades e resultados da área, como a digitalização e automatização são bem recebidas pelos profissionais de RH que enxergam nitidamente o quanto isso pode beneficiar a economia de tempo e recursos para a empresa. O RH 4.0 acompanha a evolução tecnológica e agrega valor ao setor, ocupando lugar de destaque para os negócios. Não há espaço para a resistência à mudança, pois a estagnação representa um risco à empresa. 

Importância do RH 4.0

Para avançar nesta caminhada, o RH deve se pautar pela inovação, deixando para trás o mindset burocrático que há tempos deixou de ser sinônimo de RH eficiente. A capacidade de aderir à digitalização é vista como um diferencial, sobretudo quando ocorrem diferenças geracionais. Apesar da experiência no setor, alguns profissionais resistem às inovações, o que trava o avanço de algumas empresas no processo de transição para um RH 4.0. Bom, agora até a Carteira de Trabalho é digital, comprovando que, o processo de admissão definitivamente não é o mesmo. 

Habilidades que antes eram buscadas apenas nos candidatos, passam a ser parceiras do profissional de RH. Quem domina soft skills como empatia, comunicação, curiosidade, proatividade, inteligência emocional, autenticidade e autoanálise faz a diferença no mercado. Aproveitando o tema e considerando a necessidade constante de atualização e evolução, separamos uma lista de livros que aprofundam seus conhecimentos em RH. Leia aqui

Tendências: o que vem por aí

Em relação aos profissionais, ser multidisciplinar para acompanhar as transformações digitais com flexibilidade é indispensável. O mercado também valorizará aquele que esteja determinado a fortalecer a cultura organizacional, assim como os que trabalham de forma integrada, seja presencial ou remotamente, já que os recursos online permitem esta modalidade. 

Através da descentralização da gestão, as equipes ganham mais autonomia, mas ainda assim se conectam nas atividades. Manter o equilíbrio entre autonomia e integração é um dos desafios do RH 4.0. 

Quando falamos sobre tecnologias, temos inovações como a ferramenta de admissão totalmente digital feita pela Colabbe, dispensando o deslocamento do candidato até a empresa. Um e-mail personalizado de boas-vindas é disparado com o passo a passo das etapas que devem ser seguidas para sua contratação. Tudo pode ser preenchido de onde o candidato estiver  em qualquer dispositivo, seja computador, notebook ou celular. Logo no primeiro contato, é notável quanto o RH está focado em realizar a gestão de pessoas com empatia, usufruindo das facilidades tecnológicas.

Outro recurso muito vantajoso tanto ao candidato quanto à equipe de RH, é o envio de toda a documentação solicitada via plataforma, o que elimina a tarefa de tirar cópias do material e permite o armazenamento em nuvem com total segurança de todos os dados pessoais informados. Ponto positivo também para a sustentabilidade, já que não haverá a necessidade de imprimir nada, nem para a assinatura, pois a assinatura eletrônica de documentos já é uma realidade. Cada processo será acompanhado em tempo real e validado por um profissional para garantir que tudo esteja de acordo. 

A centralização de dados e integração com APIs de Recrutamento e Seleção ou de Folha de Pagamento impacta toda a empresa, otimizando o tempo dos profissionais envolvidos. O objetivo é que a equipe de RH 4.0 concentre-se na inteligência do negócio. Com os dados dos colaboradores organizados, pode-se avaliar quais são os gaps de experiência e diversidade na empresa, quais treinamentos devem ser considerados como prioridade, entre outras informações que dificilmente são obtidas através de planilhas no Excel.

A jornada é longa, mas rende resultados positivos como você pode notar. A Colabbe está ao seu lado e de mais de 400 clientes que através do software de admissão digital constroem uma cultura mais humanizada para as empresas. Agende uma demonstração com o especialista agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *