< voltar

As principais diferenças entre a comunicação interna e o endomarketing

comunicacao-interna

Geralmente, é bastante comum que dentro das empresas os conceitos de comunicação interna e endomarketing sejam vistos como sinônimos. Porém, apesar de suas semelhanças, apresentam grandes diferenças em objetivos e na prática. 

É importante começar falando sobre um ponto comum entre eles que é o público alvo: o interno de uma organização. Enquanto a comunicação interna é mais voltada para a comunicação dos colaboradores sobre assuntos importantes para os processos dentro da empresa, o endomarketing foca no engajamento e na motivação do público interno a partir da comunicação. 

Leia mais – Trabalho remoto: Dicas para engajar colaboradores

Continue lendo esse artigo e conheça um pouco mais desses importantes conceitos e como eles podem ser úteis para a relação entre a empresa e seus colaboradores. 

A comunicação interna 

Como o próprio nome já evidencia, é o uso da comunicação para informar os colaboradores de uma empresa sobre suas ações, metas, objetivos, valores e até mesmo fazer algum lembrete importante. Podemos incluir nessa categoria basicamente qualquer ferramenta que a empresa utilize para dialogar com o público interno: TV corporativa, murais, jornais e revistas de distribuição interna, folhetos, etc.

Vale ressaltar que tanto a comunicação interna quanto o endomarketing, apesar do nome, não são áreas restritas aos profissionais do marketing. Pelo contrário, funcionários do departamento de RH são totalmente essenciais no desempenho dessas funções. O RH possui uma visão mais ampla das necessidades do público interno e, junto aos demais profissionais, irão elaborar ações mais eficientes para a melhora do clima organizacional.

O papel dos profissionais da comunicação é elaborar a comunicação interna. Eles são capacitados para isso e através dos canais citados anteriormente passarão ao funcionário o que é proposto de maneira simples e eficiente

A comunicação interna é um importante instrumento para incentivar a inovação. Como a comunicação unilateral – apenas a empresa emite a mensagem e o funcionário recebe – já se mostrou antiquada, é importante lembrar que a cada dia mais as empresas vêm buscando ouvir as opiniões dos funcionários sobre a organização e usar esse feedback para gerar melhorias é indispensável. Pensando nisso, algumas já usam a comunicação como uma ferramenta para dar voz ao colaborador por meio de canais de resposta

O endomarketing 

Agora falando em endomarketing, o objetivo está em motivar o colaborador a interagir com a empresa. Então, as ações estão focadas em fazer com que ele ‘‘vista a camisa’’, afinal, para vender um produto ou serviço com êxito é fundamental você acreditar nele!

Faça com que a equipe sinta-se parte de tudo aquilo que está acontecendo na empresa criando treinamentos, eventos, divulgações de política de RH (para reconhecimento do esforço do colaborador), brindes (caso sua empresa venda algum produto, é interessante o funcionário poder testá-lo) e outras ferramentas motivacionais. 

Criar propostas que envolvam e tragam os familiares para dentro do trabalho também acaba funcionando como um incentivo e mostrando ao colaborador que ele faz parte da empresa e que ela valoriza o seu time

Essas ferramentas geram um ambiente mais agradável de trabalho e consequentemente retornos financeiros, visto que o funcionário irá desempenhar sua função com mais garra e excelência. 

Enquanto a comunicação interna está mais voltada para metas e assuntos institucionais – que envolvem temas mais sérios da empresa – o endomarketing envolve um maior planejamento pelo fato de estar ligado diretamente à organização interna e ao convencimento dos funcionários. 

É importante citar que a partir do momento que você fideliza seu colaborador, facilita a atração de novos talentos e acaba reduzindo o turnover (rotatividade de funcionários), o que é ótimo para promover a imagem da empresa e para a continuidade das tarefas. 

Comunicação interna e endomarketing lado a lado 

Por mais que haja diversas diferenças (citadas anteriormente), é fundamental que dentro de uma organização essas duas importantes estratégias estejam alinhadas. A partir disso, os resultados serão visíveis. Aproveite que as duas possuem foco no mesmo público (o interno) e invista nessa oportunidade. 

Um funcionário motivado e que acredita no poder do seu trabalho, tem motivação para gerar cada vez mais efeitos positivos para a empresa. As metas e ações sociais – ferramentas do endomarketing – quando divulgadas com a ajuda de ferramentas de comunicação interna, geram um maior alcance e ficam mais atrativas. 

Por exemplo, pode-se usar a TV corporativa, a intranet ou os murais para fazer uma homenagem ao funcionário quando ele bate sua meta, evidenciar o melhor desempenho em determinado setor, comemorar os aniversários do dia ou simplesmente exibir dicas de saúde e bem-estar, o que mostra para o colaborador que a preocupação da empresa com ele vai além do ambiente de trabalho. 

É irrefutável para a gestão de RH o fato de que funcionários felizes produzem melhores resultados. Quando a comunicação interna e o endomarketing são bem trabalhados gera a chamada segurança psicológica

Mas qual a importância disso? Esse é um dos principais pontos para garantir a eficiência dos funcionários, pois o colaborador se sente livre de ameaças, compreende melhor o seu papel e tem voz dentro do ambiente de trabalho.

Compartilhe conosco quais inovações nas áreas de comunicação interna e endomarketing sua empresa já aplicou e quais os resultados obtidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *